terça-feira, 28 de dezembro de 2010

PORTINARI- PAINEIS GUERRA E PAZ NO TEATRO MUNICIPAL







O ano de 2010 está dando as boas novas ao 2011!!


Acabo de visitar a mostra , um espetáculo emocionante: Os painéis Guerra e Paz , de CÂNDIDO PORTINARI, exibidos ao público no Teatro Municipal, do Rio de Janeiro.
Impressiona encontrar a fila estendendo-se da entrada do teatro até à Av. Alte. Barroso. Pessoas de todas as idades, aparências e com os semblantes de interesse, alegria. Muitos jovens.
Após duas horas em pé na fila, já acomodados a emoção toma conta de todos quando tem início o documentário sobre o pintor e sua obra; a voz de Fernanda Montenegro, tão nossa familiar, firme e grave, traz-nos as palavras sobre a urgência da PAZ.
Os painéis, ainda, não revelados estão ao fundo. A música de Villa-Lobos entoa em nossos corações a emoção de sermos parte daquela arte, de sermos parte daquele empenho criador, que num corpo frágil, abatido pela doença, sublima a fragilidade e cria, compartilha, doa.
Finalmente, sobem as cortinas os painéis em sua pujança de beleza e horror entram , definitivamente, em nossas vidas.
Somos muito gratos ao filho do artista, Prof. João Cândido Portinari, parte única daquele empenho.
Este professor devota toda sua vida para ofertar, a todos os brasileiros, a obra de seu pai.

Desde o início d'O Ninho e a Tempestade selecionei o link do PROJETO PORTINARI como expressão de minha admiração a esse trabalho, sugiro abaixo que o visitem , basta clicar , se quiserem começar pelos painéis, cliquem no endereço abaixo


Quem, ainda, não foi assistir à visitação pública que o faça já! Viverão momentos de intensa emoção como os que vivi, hoje.
A mostra foi prorrogada até o dia 06 de janeiro de 2011.

Um abraço a todos
Maysa

2 comentários:

PORTINARI disse...

Querida Maysa,

Nem sei como agradecer as tuas palavras tão generosas e emocionadas. Seu texto é também certeiro, vivi lá no Theatro Municipal, já pela quarta vez hoje à tarde, a mesma emoção que você nele descreve.
Agradeço o teu carinho com a memória de meu pai, com o nosso trabalho do Projeto Portinari, e comigo pessoalmente.
Com o grato e carinhoso abraço do
João Candido

Maysa disse...

Prof. João Cândido

Nós somos brasileiros apaixonados, como seu pai. Conhecidos ou anônimos queremos o Brasil que mostra essa cara: Da alegria, da riqueza humana, da seriedade, da generosidade.
Um carinhoso abraço
Maysa

PS: Na prorrogação irão os netos.