sexta-feira, 11 de março de 2011

MEDO DE AMAR III - VINICIUS DE MORAES






MEDO DE AMAR



Vire essa folha do livro e se esqueça de mim
Finja que o amor acabou e se esqueça de mim
Você não compreendeu que o ciúme é um mal de raiz
E que ter medo de amar não faz ninguém feliz

Agora vá sua vida como você quer
Porém, não se surpreenda se uma outra mulher
Nascer de mim, como do deserto uma flor
E compreender que o ciúme é o perfume do amor


DEIXA



Deixa
Fale quem quiser falar, meu bem
Deixa
Deixa o coração falar também
Porque ele tem razão demais
Quando se queixa
Então a gente
Deixa, deixa, deixa, deixa

Ninguém vive mais do que uma vez
Deixa
Diz que sim pra não dizer talvez
Deixa
A paixão também existe
Deixa
Não me deixes ficar triste

Mergulhada em lembranças caprichosas faço parada obrigatória em Vinicius de Moraes, o poeta, o doce poetinha da juventude e primeiros sonhos de muitos adolescentes, em algumas gerações, a começar pela minha.

Generoso com a vida, com os amigos, e com as mulheres - o poeta só amor - deixou para sempre, e para quem quiser aprender a amar, lições autênticas, especiais... Quem não tiver medo deve trilhar esse caminho... Em direção ao mar, permeado de espumas, vagas, solidão... Por toda a sua vida.

Sigam os rastros de Vinicius aqui.

Com ele aprendi a amar e ser só perdão! Não deu sempre certo nas oportunidades e circunstâncias em que o amor me apareceu. Mal nunca me fez, nem fará.

Fiquei mais humana, sensível, e conheço a boa solidão. Deixando claro que as tentativas amorosas são como muitas das viagens que pretendemos e sonhamos fazer... Os preparativos excedem a realidade. A excitação nos toma quando iniciamos uma relação amorosa, expectativas são impossíveis de deixarem de ser construídas. Bem melhor, quem sabe, é tentar um poema!

Agora, neste mundo onde o amor se liquefaz, evapora, e não aparece mais com intensidade e freqüência, em nossos dias, cabe a pergunta: Será que não se fazem mais poetas como antigamente? Rsrsrs.

Ou a pergunta será: Não se fazem mais amantes como os do tempo do Vinícius? As matrizes foram quebradas?

A cantora, Mariana de Moraes, destaca algumas de suas músicas preferidas nas que o avô compôs. Delas três coincidem com minha preferência: Medo de Amar, Deixa e Estrada Branca.

Dica do vídeo com Chico cantando e tocando Medo de Amar, postado aqui no Ninho em fevereiro de 2009.

Dica da letra de Estrada Branca lá no site, na Antologia de Mariana.

Só posso acrescentar que minhas ilusões foram todas acalentadas com boa música, e vozes divinas como a de Elizeth Cardoso, sua interpretação dessa música vive em meu coração.

E para provocar aos que por aqui passam, fica a lição:

“... E a coisa mais divina que há no mundo é viver cada segundo como nunca mais”... (Tomara, com Vinicius e Maria Creuza).

Um abraço carinhoso nesta sexta-feira nublada, aqui no Rio.

Maysa




8 comentários:

MJ FALCÃO disse...

Maysa, vim pelo blog do Maestro Érico e descobri o Vinicius, o doce Vinicius, o bom Vinicius, quase um santo...
A voz dele faz dar vontade de viver!
Obrigada e um week end de sol no Rio, para si!

Maysa disse...

MJ

Vinícius é um poeta para todas as gerações. Sua obra é eterna.Delicada, sofrida, mas sempre esperançosa...Melhores dias de amor, melhores!É ele que nos ensina: A vida é arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida.
Então meu mestre é Vinicius. faça-o teu, também, e conhecerás, através de canções e poemas, toda a delicadeza que um homem apaixonado pode ter e nos oferecer!
Abc
Maysa

Nieves LM disse...

Muchisimas gracias por tu comentario en mi blog. Creo que voy a tener que empezar a estudiar portugués. Me gusta tu blog y te sigo. Un beso desde Andalucía.

Blog da Dréia disse...

Oi Maysa obrigada você por ser seguir meu blog ....e teve um post seu que me ajudou muito em um trabalho do colegio adorei!!Beijo grande também vou recomendar seu blog vlw beijos

Maysa disse...

Nieves

Me gusta el idioma español... Entiendo casi todo. Para aprender el portugues creo que escuchando nuestra música es más facil . Buen consejo a tener un dicionario y contar con la ayuda de sus compañeros!
Estoy acá. Si usted visita el nido y la tormenta puede ser un aprendizaje divertido.
Besos
Maysa

Maysa disse...

Dréia

Estou curiosa em saber qual a postagem que te ajudou no trabalho da escola!
Vamos nos visitar sempre! Amanhã vou ver o Justin Bieber, com minha netinha de 8 anos.Já viu?
Beijos
Muita alegria no seu Mundo Teen.
Maysa

Cristina Welle disse...

"São demais os perigos desta vida
Pra quem tem paixão principalmente
Quando uma lua chega de repente
E se deixa no céu, como esquecida

E se ao luar que atua desvairado
Vem se unir uma música qualquer
Aí então é preciso ter cuidado..." (São demais os perigos desta vida - Vinicius e Toquinho)

Maysa disse...

Cristina

Boa e carinhosa lembrança.


Todo cuidado é preciso...
mais que palavras amorosas
o amor inventa...
Só gestos de carinho
e perdão
fazem-no florescer.
É preciso olhar nos olhos
cuidar em silêncio.
Acalentar, mimar
a quem se ama.

Beijo
Maysa